Samuel no RJ

De passagem pelo Brasil e a vida em Paris

Novembro de 2012, passados 6 meses que havíamos chegado a Paris, planejamos viajar para o Brasil, aproveitando as nossas passagens “de volta”. A vida em Paris estava se estabilizando, mas a nossa vida só começou a andar mesmo, quando consegui tirar um documento chamado: Carte Vitale. Aproveitei o período de três meses em que trabalhei no receptivo para dar entrada no documento. Sobre o Carte … Continuar lendo De passagem pelo Brasil e a vida em Paris

Samuel e mamãe

Mudando do Rio de Janeiro para Paris

São muitos os desafios que você enfrentará ao mudar de país, esteja certo disso desde o princípio, mas quando você  muda para um país que não fala sua língua, o desafio é ainda maior. Nós nunca tínhamos ouvido falar francês na vida, não sabíamos nem falar “bonjour”, então já decididos a mudar para Paris fomos fazer um curso de francês em Botafogo, para aprender ao … Continuar lendo Mudando do Rio de Janeiro para Paris

Placas Paris, LOndres, NY

Quero sair do Brasil, chegou a hora de imigrar

Primeiro, antes de começar mais um post, acho importante dizer que, como eu sempre brinco: “maluco” foi o melhor predicado ou elogio que ganhei quando decidimos de novo, largar o Brasil e tentar a vida na Europa – na França, mais especificamente – com um bebê que na época tinha 3 meses, ou seja, ninguém apoiou. Hoje quero bater um papo sobre como foi migrar … Continuar lendo Quero sair do Brasil, chegou a hora de imigrar

Daniel, Dany e Samuel

Dany ficou grávida. E agora?

Antes de seguirmos viagem rumo a Paris, quero compartilhar alguns detalhes sobre a gravidez da Dany e da chegada do nosso primogênito Samuel. Como contei no post passado – aqui – voltamos ao Brasil e não conseguíamos mais nos sentir em casa, mas mesmo em meio a esse momento de reorganização das nossas vidas, tínhamos o desejo de ser pai e mãe, mas queríamos esperar … Continuar lendo Dany ficou grávida. E agora?

Família Monsanto

Rio de Janeiro: agora somos 3

De volta ao Brasil, de volta à realidade. Depois de ter vivido no país mais seguro da Europa, voltamos para o “Hell de Janeiro“. A cidade estava caótica, violenta e precisavámos voltar a vida normal. Havíamos morado em um local que não tinha essa preocupação com segurança, voltar a esse caos foi o nosso primeiro choque de realidade. Voltei ao trabalho como dentista, de segunda … Continuar lendo Rio de Janeiro: agora somos 3